Você está aqui: Entrada / Notícias / Escolhas de João Afonso Almeida

Escolhas de João Afonso Almeida

GONÇALO TAVARES

Date: 2017-12-20 00:10

Não é impunemente que a grande referência musical de Gonçalo Tavares é José Cid como se pode comprovar na audição e visionamento de ”Ao piano” projecto em que o pianista/cantor se sente como peixe na água e onde a sua voz casa na perfeição com o instrumento ao longo de dezassete canções (incluindo cinco excelentes duetos com gente como Luís Represas, André Sardet ou José Cid entre outros) das quais apenas três não recebem a sua assinatura a 100%; verdadeiro self-made man é para além dum belíssimo instrumentista e interprete também um inspirado compositor e produtor e por isso mesmo o seu disco para além de ser um notável trabalho é simultaneamente uma agradável surpresa e um cartão de visita ideal para mais altos voos nos domínios do pop/rock nacional e da balada; qualidade , versatilidade e talento tem-nos sem dúvida nenhuma Gonçalo a rodos.. Por isso mesmo tem a palavra o público português , afinal de contas sempre o grande fiel da balança... CD/DVD- aCID records

Ler mais »


FROM BAROQUE TO FADO

Date: 2017-12-20 00:05

Instrumentalmente irrepreensível, com um notável desempenho dos Músicos do Tejo e vocalmente brilhante, o projecto “From baroque to Fado” é sem dúvida um dos mais importantes projectos musicais editados no ano de 2017; resultante da gravação ao vivo de um show que teve lugar no final de 2016 no Grande auditório da Fundação Calouste Gulbenkian o projecto é uma espécie de epopeia/viagem musical por diversas áreas da música portuguesa desde o barroco ao fado abrangendo várias sonoridades e confirma como excepcionais as vozes de Ricardo Ribeiro e de Ana Quintans, mantendo-se até o fadista no ambicionado trono de voz masculina numero um do fado... Feito em parte graças à sponsarização de entidades como a BNP (Biblioteca Nacional de Portugal), da Gulbenkian, da CML e da DGArtes o projecto, cujo booklet contem textos somente em língua inglesa, visa por isso mesmo prioritariamente o público estrangeiro que assim tem nele um autêntico cartão de visita musical do nosso País, que ainda recentemente foi mais uma vez considerado o melhor destino turístico do Mundo... Verdadeira obra-prima de grande envergadura melódica, instrumental e vocal, merece por isso mesmo uma grande atenção e uma audição cuidada e demorada. Verão que vale bem a pena ... CD Naxos/CNM

Ler mais »


U-2

Date: 2017-11-20 01:05

Quando foi possível ouvirem-se os temas de “Songs of experience” logo aquela meia dúzia de habituais “inteligentes” cá da terrinha , aqueles que costumam pensar serem entendidos e donos da verdade absoluta, começaram a escrever bacoradas e a cagar postas de pescada sobre o disco, denegrindo as capacidades inventivas dos irlandeses U-2 e a valia e qualidade do disco! A grande verdade é que o quarteto continua (felizmente) igual a si próprio:- inspirado , inspirador , criativo e em grande forma; com efeito o novo trabalho chega a ser por vezes uma lufada de ar fresco no rock que por aí fora se vai fazendo , demolidor, conceptual e recheado de grandes propostas... Ouçam-se por exemplo canções como “American soul”, “The blackout”,”Ordinary love” ou “You´re the best thing about me” e confirme-se a eloquência dos temas, a sua pedalada ,a força rítmica , a capacidade de surpreender e acima de tudo ateste-se num importante pormenor: -Bono está a cantar melhor que nunca , com uma expressividade vocal fortíssima e uma capacidade interpretativa que pede meças a gente mais nova. E se muitos consideram os Stones como a maior banda rock do Mundo eu discordo e entrego esse epíteto aos U-2 ou em alternativa a outros irlandeses famosos- os Chieftains de Paddy Molloney & Cª... CD Island/Universal Music

Ler mais »


MARTHA ARGERICH

Date:

É indiscutivelmente uma das mais fabulosas pianistas de música clássica da actualidade e uma instrumentista genial e isso facilmente se pode comprovar na audição de uma qualquer obra sua dos últimos anos; como qualquer artista tem também as suas preferências quer musicais, quer logísticas e não admirou portanto, dado o seu antigo e confessado amor pela cidade de Lugano, que ela tivesse escolhido essa cidade em detrimento de outras para lá actuar ao vivo durante anos no certame local – o Festival de Lugano , cidade suíça em que actuou durante várias ocasiões num evento que afinal ela própria ajudou a criar há anos – desde 2002 e denominado Progetto Argerich - e onde resolveu mesmo comemorar o 75º aniversário actuando rodeada de amigos seus também instrumentistas para uma habitual embevecida plateia. O projecto discográfico daí resultante “Martha Argerich & friends- live from Lugano 2016” acaba de ser publicado e retrata com fidelidade as extraordinárias performances da pianista argentina naturalizada cidadã suíça e seus convidados que durante três horas deliciaram a assistência mercê de um recital memorável em que interpretaram composições de Ravel ( a única composição em que se apresentou a solo), Mozart, Manuel de Falla, Busoni, Brahams, Beethoven, Brahams, Berg, Nisinman, Debussy e J. S. Bach; um acontecimento musical mágico da responsabilidade de uma das maiores pianistas mundiais :- a diva Martha Argerich. Box de 3CDs Warner classics/Warner Music

Ler mais »

classificado em: