Você está aqui: Entrada / Notícias / CAMANÉ

CAMANÉ

Convenhamos que quando alguém tem pela frente uma hercúlea tarefa para realizar é preciso muita coragem e indubitavelmente “tê-los no sítio”para se abalançar à tarefa e tentar ser bem sucedido; foi o caso recente do fadista Camané que se propôs gravar um disco inteiramente com reportório do grande “Ti Alfredo” e que só pela iniciativa, merece um unânime aplauso dos seus admiradores e claro, dos do grande Marceneiro, embora se saiba à partida que nestes há sempre um pequeno grupo de detractores destas iniciativas- os tais puristas, que não aceitam de modo algum que as canções do ”seu” artista sejam como que “profanadas” por outras vozes... Porém o resultado final da iniciativa –“Camané canta Marceneiro” acabou por revelar-se de nível surpreendentemente elevado (não tanto para os fans do fadista pois sabem bem do que o seu artista é capaz), mas para a generalidade dos amantes de fado. Verdadeiro e arriscado trabalho sem rede, este tributo/homenagem é um dos pontos artísticos mais altos do ano, musicalmente falando; cantando com só ele sabe, com um estilo próprio, em que a contemporaneidade liga em perfeita sintonia com a ancestralidade fadista apanágio de Marceneiro , onde actualidade se cruza na perfeição com ruralidade, tragédia e ingenuidade ( afinal as grandes armas de Ti Alfredo), Camané soube, com bom gosto, mestria e grande sabedoria, sair da sombra e do imaginário de Marceneiro e criar uma atmosfera vocal própria, por vezes complexa mas de uma profundidade lúcida e amadurecida, independente e acima de tudo visceralmente pessoal, brilhante, incomparável e incontornável... Mas que grande disco de fado o irmão de Pedro e Hélder Moutinho nos trouxe à luz do dia ; um projecto ousado, por vezes irreverente, mas acima de tudo uma recriação impar dum reportório genial e sensível, onde a poesia se retrata por si própria e a voz se transcende no simples acto de respirar. Sem dúvida o melhor disco de fado, no masculino, de 2017!!! CD Warner Music
classificado em: